Cristina Amorim

……………… Economia e Gestão do setor Saúde ………………

Arquivo para a tag “funcionalismo”

Âncoras de carreira: o caso TCU

Âncoras de carreira e transformações no modelo de administração: estudo de caso do Tribunal de Contas da União

Por Eduardo Soares da Costa Faro, Maria Cristina Sanches Amorim, Leonardo Trevisan e Luciano A. Prates Junqueira

As transformações nos modelos de administração envolvem alterações nas práticas e comportamento dos trabalhadores nas organizações. A implementação de mudanças gerenciais deve considerar tanto o comportamento quanto motivações dos trabalhadores — que podem ser identificadas  pela análise das âncoras de carreira. Envolvido desde 2004 na implementação de práticas de administração gerencial, o Tribunal de Contas da União (TCU) vem enfrentando dificuldades para substituir o modelo burocrático, constituído ao longo da historia do funcionalismo federal brasileiro.

O objetivo desta pesquisa é identificar as âncoras de carreira dos servidores do TCU, contribuindo para identificar o que impede a implantação do modelo gerencial. Os resultados mostram incompatibilidades entre as principais âncoras de carreira dos servidores e as exigidas (teoricamente) pelo modelo gerencial. Mais ainda, revelam que o atual sistema de recompensas do TCU gera nos servidores resistência às alterações exigidas pelo modelo.

> Confira no artigo completo: clique e baixe o arquivo em PDF.

 

(Publicado originalmente nos Cadernos Ebape BR / FGV / Dezembro 2010)

Anúncios

Navegação de Posts